Google+ Followers

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

A vida alheia




            Quando paramos para ver o nosso redor vemos como a informação é muito rápida. Mas tem uma informação que pode ser prejudicial a vida de uma pessoa, que se chama: fofoca.
            Funciona assim, olha esse exemplo:  Um individuo chamado Fulano olha pro Beltrano e se pergunta por que ele não participa de tal atividade. Um amigo do Beltrano senta ao seu lado e o questiona, Beltrano diz que é X. Fulano também pergunta, escuta a mesma resposta. Mas a diferença está no depois. 
            Esses dois que ouviram a resposta, passam para frente o que entenderam. O amigo de Beltrano fala que é X, mas que não crê muito nisso, colocando curiosidades nos outros que o estão ouvindo. O Fulano em vez de dizer que é X, fala também que é YWZ. Colocando palavras que não foram dita. E muitos que não precisavam saber sabem, só não sabem o fato verdadeiramente ocorrido.
           Consequência: Beltrano é ridicularizado por muitos inclusive amigos, muitos viram a cara para ele, outros quando ele passa dão risada e cochicham. Mas nenhum daqueles que ouviram dos dois, tanto do amigo, como do Fulano, tiveram vontade ou curiosidade em saber da boca do próprio Beltrano a verdadeira história.




           Muitas vezes ouvimos de amigos, colegas, conhecidos coisas de algumas pessoas, que nem precisávamos saber. Acabamos fazendo exatamente o que muitos fizeram nessa ilustração, julgamos.
           Lembremo-nos que toda história tem dois lados. 
           Só quem vive 24 horas por dia com essa pessoa, e que conhece seu coração e mente, pode dizer verdadeiramente o que está se passando com ela.
           E tenho algo pra te dizer só tem um ser que realmente nos conhece, esse é Deus.
           Não sabemos o que a outra pessoa realmente está passando, pois não podemos saber o que está em seu coração ou mente, mesmo que passamos muito tempo ao lado dela, não podemos dizer se essa pessoa é o que ouvimos a seu respeito. Em vez de julgarmos vamos começar a sermos diferentes, parando de ouvir pessoas que gostam de falar mal de outras. Vamos ter nossa própria opinião! Diga não para a fofoca da vida alheia!








By Nessa Santos 
 A reprodução do conteúdo deste blog é proibido de acordo com a lei 9.610/98   

Nenhum comentário:

Postar um comentário