Google+ Followers

terça-feira, 26 de maio de 2015

Cinco Coisas



Quando um dia eu for embora

Quando então me despedir


Pedirei apenas silêncio


E mais cinco coisas


Minhas cinco verdades perfeitas


Cinco coisas e nada mais.


A primeira é o amor sem fim


Amor pelas pessoas


Pelas árvores pelas flores


Amor pelos animais.



A segunda é rever o outono


Com suas folhas sopradas


Sobre a terra à qual voltaremos.

A terceira é o inverno rigoroso


A chuva que amei, o calor do fogo

A aquecer nossas noites eternas.


Em quarto lugar, o verão ardente


Redonda fruta vermelha


Pairando sobre o meu paladar.


A última coisa que eu peço


São teus olhos, meu amor,


Não quero dormir sem os olhos teus


Não posso viver sem o teu olhar


Eu trocaria o sol da primavera


Para que continuasses me olhando.


Isso, enfim, o que mais quero


É quase nada e quase tudo.
...


Autor Pablo Neruda,






Um comentário:

  1. Pablo Neruda!

    Na minha opinião, o maior poeta e escritor latino. Eu sinceramente gostaria de saber escrever assim, com este sentimento, apuro e técnica. Quem sabe um dia...?

    Abraço!

    ResponderExcluir