Google+ Followers

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Projeto Blue Beam


O Projeto que é feito pelo governo, em que se trata na conspiração de criar imagens holográficas de seres ou objetos para se apresentar a população.
Ex: Jesus, ovnis, Buda, Maomé...
Holograma já é feito, e consiste em criar imagens através de raios lasers em 3D

Arquivo:Projeto-blue-beam1.jpg


O que é? 



O Projeto Blue Beam é uma arma secreta de alteração da mente está baseada em algo chamado tecnologia da portadora subliminar, ou Silent Sound Spread Spectrum (SSSS) (também chamada de S-Quad, ou ‘Squad’ no jargão militar). Ela foi desenvolvida para uso militar pelo Dr. Oliver Lowery, de Norcross, Georgia, e está descrita na US Patent #5,159,703 — ‘Silent Subliminal Presentation System’, para uso comercial em 1992… A tecnologia também é conhecida como Som do Silêncio e funciona pela transmissão de sons indetectáveis pelo ouvido, mas que são implantados no córtex auditivo do cérebro. É o que existe de mais moderno no controle mental universal… Essa nova tecnologia de controle da mente pode na verdade fazer você tomar uma atitude que normalmente não tomaria.

Entretanto, o aspecto mais insidioso de SSSS é que ela é totalmente indetectável por aqueles contra quem é direcionada. Como produz sua programação subliminar diretamente no cérebro humano por meio do sentido da audição em uma frequência que o ouvido humano não é capaz de identificar como som, não há defesa contra ela. Todas as pessoas no planeta estão igualmente susceptíveis ao controle mental via SSSS e não há modo de escapar, uma vez que as ondas UHF podem ser transmitidas por longas distâncias a partir de fontes localizadas em locais remotos e atravessam as paredes e outros objetos, como se eles não existissem. UHF é a frequência (na faixa dos 100 MHz) que tem sido usada para a transmissão de televisão e rádio desde que esses meios existem. SSSS foi projetada para utilizar UHF como onda portadora.

Supercomputador-Jaguar
Ainda mais insidioso, porém, é o fato que, acoplado com o uso de supercomputadores, os padrões eletroencefalográficos (EEG) específicos de um indivíduo podem ser alterados digitalmente e depois armazenados para serem retransmitidos via UHF digital. De acordo com Judy Wall, esses EEGs retocados pelo computador “podem identificar e isolar os ‘blocos de assinaturas de emoção’ de baixa amplitude do cérebro, sintetizá-los e armazená-los em outro computador. Em outras palavras, estudando os padrões característicos sutis das ondas cerebrais que ocorrem quando um ser humano analisado experimenta uma determinada emoção, os cientistas puderam identificar o padrão de onda cerebral concomitante e agora podem duplicá-lo.” Esses blocos de assinatura de emoção modificados podem depois ser transmitidos pelas frequências portadoras UHF (isto é, sinais de rádio e televisão normais) diretamente para dentro do cérebro onde podem então “silenciosamente acionar a mesma emoção básica em outro ser humano”. Em outras palavras, se o bloco de assinatura emocional para, digamos, um sentimento de desânimo e desespero estiver sendo introduzido diretamente no seu cérebro via ondas de rádio, você sentirá essas emoções.




quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Cinco maneiras de afastar seu (sua) filho(a) da igreja






       É um tremendo alerta para os pais, especialmente aqueles que têm filhos em idade de formação do caráter e da consciência religiosa (5 aos 12 anos). E também é uma resposta à célebre pergunta que muitos se fazem: "por que meu filho abandonou a igreja, se eu fiz o máximo para ele permanecer nela?".


AS 5 MANEIRAS DE AFASTAR SEU (SUA) FILHO(A) DA IGREJA

1. Diante das menores dificuldades, tais como, indisposição, chuva, frio, cansaço, não vá aos cultos. Com isso seu filho vai crescer com a ideia de que frequentar as reuniões não é assim tão necessário.


"... e considerem-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras, não abandonando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia” (Hebreus 10:25-25).


2. Quando estiver à mesa ou nas reuniões da família, faça comentários ou críticas ao ensino do pastor ou demais líderes. Com isso seu filho crescerá não tendo respeito por eles, nem dando créditos aos seus ensinos.


"Ora, rogamo-vos, irmãos, que reconheçais os que trabalham entre vós, presidem sobre vós no Senhor e vos admoestam; e que os tenhais em grande estima e amor, por causa das suas obras. Tende paz entre vós" (I Tessalonicenses 5:12-13).


3. Cuide para que seu filho cresça num lar que não seja diferente de qualquer outro. Afinal, que valor há em aplicar princípios da Palavra de Deus a todos os aspectos da vida familiar?


"E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as ensinarás a teus filhos, e delas falarás sentado em tua casa e andando pelo caminho, ao deitar-te e ao levantar-te” (Deut. 6:6-7).


4. Gaste diante da TV todo o tempo que passa em casa, ao invés de separar parte dele para a leitura da Bíblia e oração em família. Basta apenas "rezar" na hora das refeições. Com certeza seu filho aprenderá que orar e estudar a Palavra de Deus não tem nenhum valor pra você. Afinal, culto familiar é uma bobagem, não é?!


"E o terá consigo, e nele lerá todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer ao Senhor seu Deus, e a guardar todas as palavras desta lei, e estes estatutos, a fim de os cumprir..." (Deut. 17:19).


5. Comente à vontade sobre a vida dos outros membros da igreja. Depois, ao encontrá-los nos cultos, apresse-se a cumprimentá-los com um largo sorriso. Com isso seu filho terá a impressão de que a vida cristã é pura hipocrisia; e assim ele desejará seguir o mesmo caminho que você o ensinou... e um dia fará isso.


"... que a ninguém difamem, nem sejam contenciosos, mas, moderados, mostrando toda a mansidão para com todos os homens" (Tito 3:2).




"Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele” (Provérbios 22:6).



Texto extraído do blog Prof Gilson Medeiros